Cerveja Belga II Pack 12

45,90

Uma seleção de Património Imaterial da Humanidade! A tradição, e a excelência, da cerveja belga foi assim classificada pela Unesco em 2019. Saboreie esta seleção de 12 cervejas belgas para uma experiência gastronómica e cultural memorável. Esta seleção inclui cervejas trapistas, produzidas em Abadias e cheias de história e tradição, cervejas belgas clássicas e intemporais e exemplos da nova geração de cervejeiros, como a Kerel Kaishaku, com 15% ABV.

Imagem meramente ilustrativa. Cálices não incluídos. P.f. consultar a composição.

Em stock

REF: 11862 Categoria: Etiqueta:

Ficha Técnica

Este pack de Cerveja Belga é já a nossa 2ª edição. Como sempre, inclui alguns dos melhores exemplares da tradição cervejeira belga:

Orval

O “pão líquido”! O característico sabor frutado e amargo da cerveja Orval, torna-a uma verdadeira referência no mundo das “Authentic Trappist Beers”. O crítico de cerveja Michael Jackson considerou Orval como “um maravilhoso aperitivo” e um “clássico mundial”. A cerveja Orval passa por um processo de envelhecimento, que lhe confere notas frutadas, e que resulta num equilíbrio subtil entre o paladar encorpado e o amargor. Sugerimos harmonizar com bife tártaro.

Chimay 150

A Chimay 150, apesar dos seus 10º ABV, é notavelmente equilibrada na boca e os seus aromas a menta, bergamota, lima e eucalipto levam-nos numa viagem surpreendente! As suas delicadas notas de alecrim e cravo combinam perfeitamente com as subtis notas florais, realçadas por um toque revigorante de gengibre. Na produção é ainda adicionada uma especiaria secreta que lhe confere um sabor único. Produzida originalmente numa edição limitada comemorativa dos 150 anos da cervejeira da Abadia de Scourmont, é uma cerveja refrescante e frutada, saborosa e intensa. Santé!

Chimay Bleue

170 anos de tradição cervejeira de Abadia. A Chimay Bleue é, seguramente, a mais emblemática de todas as cervejas Chimay. Uma cerveja forte, escura, com notas elegantes de frutas secas, chocolate e especiarias. Para consumir de imediato ou guardar em cave por vários anos, a Chimay Bleue é sinónimo de excelência Trappist!

Delirium Tremens

Trelirium Dremens!, diz-se muitas vezes no Café de Bruxelas que deu o nome a esta mítica cerveja da casa Huyghe. Considerada “A melhor cerveja do Mundo” e premiada nos World Beer Awards, no International Beer Challenge entre muitos outros concursos. Harmoniza com festa, amigos e mais outra Delirium Tremens! O que dizer mais? O melhor  é mesmo provar!

Duvel 666

666 razões para querer beber esta Duvel! O desenho amarelo quente e ensolarado das garrafas já sugere isso… Esta Duvel 666 é leve, expressiva e deliciosamente bebível. Nada menos que 6 variedades diferentes de lúpulo são usadas nesta Duvel 6,66% que, tal como a Duvel clássica, recorre às variedades nobres e exclusivas de lúpulo Saaz e Styrian Golding. O sabor é então equilibrado pela adição de quatro variedades de lúpulo ao mix, que também envolve a técnica de dry-hopping. Refermenta na garrafa. Conquistou a medalha de ouro no “Le Concours International de Lyon”.

Gulden Draak

O clássico da cerveja do dragão dourado! A premiada Gulden Draak é uma cerveja com 10,5% ABV de dupla fermentação, que fermenta com levedura vínica o que lhe confere um sabor único. O paladar é complexo, e equilibra muito bem a doçura do caramelo, os maltes tostados e as notas de café com toques lupulados. Produzida pela Brouwerij Van Steenberge em Ertvelde, na Flandres Oriental o seu nome é uma homenagem ao dragão dourado no topo do campanário de Ghent, Património Mundial da UNESCO. Uma cerveja excepcional.

Kerel Kaishaku

A KEREL Kaishaku é belga de coração mas com um twist japonês. A Kaishaku é uma Belgian Golden (muito) Strong Ale com 15% AVB. Produzida com levedura de saquê, representa o ritual suicida japonês –  seppuku ou haraquiri. É uma cerveja com um sabor frutado e lupulado, picante na boca, o que combinado com uma elevada percentagem de álcool, faz com que seja muito especial e se deva beber com cuidado. Experimente com um queijo Brie ou um Serra da Estrela DOP. Experimente uma vez e, se não perder a cabeça, vai querer mais!

La Chouffe

A Chouffe Blond, ou a cerveja do Marcel! A La Chouffe é uma das primeiras cervejas artesanais dos anos 70 do século passado. Produzida nos místicos e lendários bosques do coração das Ardennes Belgas, é uma cerveja perfeita no equilíbrio dos lúpulos e das notas frutadas, na leveza e no seu bouquet complexo e ligeiramente alcoólico. Uma das cervejas mais acarinhadas e apreciadas no extenso universo das cervejas Belgas, harmoniza na perfeição com Salmão fumado, Lagosta e Espargos. World Beer Awards’16: Prata.

La Trappe Dubbel

A La Trappe Clássica! Esta é talvez o mais popular “cartão de visita” do catálogo Cervejeiro dos Monges Trapenses de Berkel-Enschot. A La Trappe Dubbel  já denota uma maior predominância dos maltes, em sintonia com o caramelo, tâmaras, mel e frutos desidratados, com todas as suas suaves notas a complexificarem esta fermentação monástica. Acompanhe com truta fumada e junte as outras La Trappe no aperitivo e à sobremesa para num Beer Dinner totalmente “monástico”!

Rodenbach Alexander

A Rodenbach Alexander é o arquétipo de uma Flemish Red. Esta cerveja extraordinária, tem um paladar único e equilibrado, resultado da maturação em grandes toneis de madeira de carvalho, um final complexo e notas subtis de frutas e madeira. É sem dúvida uma das melhores sour ales que a RODENBACH já criou.  No retrogosto sentirá toques de Burgundy sendo muito refrescante. Um jantar especial? Harmonize com foie gras e surpreenda amigos e convidados!

Straffe Hendrik Quadrupel

Lançada pelos mestres cervejeiros da Cervejeira De Halve Maan em 2010, a Straffe Hendrik Quadrupel é uma cerveja intensa, escura e com um sabor muito completo. Um sofisticado blend de maltes confere uma enorme complexidade ao carácter desta Straffe Hendrik, combinando uma delicada secura com toques de coentros, frutas escuras, anis e castanha assada. No paladar final, encontra-se um refinado toque adocicado de licor. A refermentação final em garrafa, cria uma cerveja que evolui e pode ser guardada em cave por muitos anos. Harmonize com pratos de carnes bem condimentados, chocolate e merengue.

Tripel Karmeliet

A Tripel Karmeliet é o resultado de um trabalho intenso e apaixonado, que precisou de 7 gerações, 3 grãos e uma receita centenária para chegar àquilo que podemos considerar hoje, uma cerveja perfeita. Uma das cervejas mais icónicas da Bélgica, produzida pela Bosteels que já ganhou inúmeros prémios como o World Beer Awards 2020 – Silver, o Asia Beer Challenge – Gold ou o The International Beer Challenge – Gold. Uma tripel com carácter inconfundível que ganha ainda mais presença se servida no seu magnífico copo.

 

12x Garrafas 33 cl

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Cerveja Belga II Pack 12”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *